fbpx

O bônus do curso é: me sentir capaz de criar Pães e perder o medo de errar.

Sou Eliana Matos, aposentei-me há dois anos, moro em Vinhedo, interior de São Paulo. Com a pandemia, sem empregada e com os filhos e marido em casa, passei a descobrir os prazeres das tarefas domésticas, algo que nunca pensei qúe apreciaria.  Um dia, vi o anúncio da Nanda, convidando a aprender a fazer o melhorContinuar lendo “O bônus do curso é: me sentir capaz de criar Pães e perder o medo de errar.”

Nossas vendas aumentaram muito com a confecção dos pães que tenho aprendido no curso.

Oi Nanda, sou a Maria, mas todos me conhecem por Cida, moro em Americana interior de São Paulo. Tenho uma cafeteria com a minha filha.Devido ao período que estamos vivendo (Covid-19), e por já ter 60 anos decidi que trabalharia em casa nesse novo tempo e estando em cada a ansiedade aumentos, o stress aumentou e comContinuar lendo “Nossas vendas aumentaram muito com a confecção dos pães que tenho aprendido no curso.”

Minha filha sempre elogia, fala que faço “O melhor Pão do mundo”.

Meu nome é Priscilla, moro em Araxá, Minas Gerais e sou professora de inglês. Sempre tive a cozinha como meu refúgio, lugar de boas lembranças, de cura, de de-stress, de limpar a mente e principalmente de criar memórias afetivas. Antes do panifiquese minha rotina era sempre a mesma, nada de aventuras rs e principalmente nadaContinuar lendo “Minha filha sempre elogia, fala que faço “O melhor Pão do mundo”.”

Posso dizer que foi uma das melhores coisas que aconteceu, este ano, em minha vida e na vida daqueles que amo.

Meu nome é: IEDA MARIA ALMERINE DALENOGARE d’ABADIA, sou dentista ( agora, depois de 28 anos de profissão sou aposentada como dentista, mas trabalho no financeiro da empresa do meu marido, porque me acho muito nova para parar, completamente, de trabalhar), moro em CAMPO GRANDE -MS. Antes de conhecer você e o Panifique-se, eu nemContinuar lendo “Posso dizer que foi uma das melhores coisas que aconteceu, este ano, em minha vida e na vida daqueles que amo.”

O curso trouxe muita alegria e muita atividade, pois o curso é assim, novidades e experiências diárias.

Meu nome é Jackeline Gonçalves Leite do Amaral. Sou funcionária Pública aposentada do Tribunal de Justiça do RJ e moro em Nilópolis.Minha vida sempre foi muito agitada, dividida com as tarefas do lar, mãe de 3 filhos e o lado profissional. Sempre fui amante da panificação mas nunca tive tempo para me dedicar. Com a chegadaContinuar lendo “O curso trouxe muita alegria e muita atividade, pois o curso é assim, novidades e experiências diárias.”

Me identifiquei com o curso porque gosto muito de cozinhar e de aprender coisas ligadas à alimentação saudável.

Sou Daisy, instrumentadora cirúrgica e trabalho em um hospital em Campos dos Goytacazes(RJ), moro em Santa Maria Madalena, uma cidadezinha na serra, interior do Rio. Gosto muito de cozinhar e de aprender coisas ligadas à alimentação saudável. Minha relação com pão é antiga. Minha mãe sempre fez nossos pães em casa, mas a vida passa e nosContinuar lendo “Me identifiquei com o curso porque gosto muito de cozinhar e de aprender coisas ligadas à alimentação saudável.”

O fato de fazer pães lindos hoje, me faz mais feliz.

Me chamo Graziela Pedreira, sou home chef da familia. Vivo em Jupiter, FL USA. Minha vida era fazendo e errando pães sourdough, não entendia o processo. Me sentia muito frustrada. Um dia minha prima me mandou um link do “Melhor pão do mundo” no Instagram e assim comecei o Panifique-se. Fiquei encantada com a simpatia, honestidade e didáticaContinuar lendo “O fato de fazer pães lindos hoje, me faz mais feliz.”

Estou aprendendo sobre Panificação, de uma maneira que não é oferecido nem mesmo nos cursos de Gastronomia.

Sou a Katia, economista, servidora pública federal , estudante de gastronomia e moro no Rio de Janeiro. Eu estava trabalhando remotamente por causa da pandemia e estressada porque ficava ligada no trabalho durante todo o tempo em que estava acordada. Enfim, trabalhando muito mais horas do que no escritório. Eu conheci pela internet ao fazerContinuar lendo “Estou aprendendo sobre Panificação, de uma maneira que não é oferecido nem mesmo nos cursos de Gastronomia.”

Nunca tinha ouvido falar de pão de fermentação natural, hoje não fico sem esse tipo de pão.

Eu sou a Alessandra Fabrizzi, moro em Piraju, interior de São Paulo. Eu amo pão, de todo tipo, mas infelizmente em virtude de problemas de saúde, precisava evitar o glúten. Pão sem glúten de supermercado não me atraía nem um pouco. Então me aventurei em casa, mas para ser sincera também não gostava dos resultados.Então, recentemente,Continuar lendo “Nunca tinha ouvido falar de pão de fermentação natural, hoje não fico sem esse tipo de pão.”

Fiquei muito tempo em cursos sem conteúdo, que ensinavam receitas e nada mais. Até conhecer “O melhor Pão do mundo.”

Eu sou a Cláudia Coutinho, moro em Toledo no PR e hoje sou padeira! Conheci a Nanda em 2018, em um momento que a panificação ganhava importância na minha vida, mas ainda exercia a profissão de química, e me inspirei na história e no seu jeito direto e sincero… sem enrolação … Mas antes disso,Continuar lendo “Fiquei muito tempo em cursos sem conteúdo, que ensinavam receitas e nada mais. Até conhecer “O melhor Pão do mundo.””