fbpx

Precisava de medicamentos para dormir, e começar a fazer Pão me ajudou a ter equilíbrio e organizar minha Vida.

Me chamo Lília, sou professora e moro em Ilhéus-BA. Antes do Panifique-se vivia momentos desafiadores. Em se tratando de me sair bem na cozinha, era sempre muito frustrante, pois apesar de meus filhos e marido gostarem do que eu cozinhava, minha mãe sempre dizia que algo que não estava bom, sempre achando defeito.

De certa forma, no meu íntimo eu tinha uma visão infantil de ainda querer a aprovação dela. Vivia momentos em que eu precisava manter equilíbrio, mas nem sempre conseguia. Há um ano atrás vivenciei, um problema de saúde, a perda de um ente querido (meu sogro), e com isso a mudança para morar na casa da sogra, para apoiá-la nesse momento difícil. Resumindo, meu mundo desabou, sair de minha casa, para ir morar com a sogra, foi desafiador, e ainda enfrentando um problema de sáude que na época não tinha diagnóstico.

Com tantos desafios, o uso de ansiolítico foi importantíssimo para eu conseguir dormir. Já tinha enfrentado muita coisa e vencido, e portanto havia decidido em tirar o medicamento para dormir, comecei o desmame, mas eu sou muito ativa e precisava me ocupar com algo que me desafiasse o pensar. Não encontrei nada.

Me inscrevi numa pós graduação. fiquei animada. Acontece que na mesma semana que me inscrevi na pós, uma amiga me presenteia com um pão que além de lindo era maravilhoso. (Preciso dizer que já estava insatisfeita com pães de padaria, que além de me fazerem mal, não tinham sabor que agradassem meu paladar.)

Amei o pão! fiquei louca querendo mais, foi nesse momento que ouvi “estou fazendo um curso de panificação com Nanda Benitez”, morri! quero conhecer! Então, essa minha amiga-irmã, me apresentou esse nome. Fui atrás do Intagram, youtube, e comecei a assistir tudo, a fazer as receitas que num primeiro momento eram muito complicadas de se entender.

Mas preciso dizer: ERA O DESAFIO QUE PRECISAVA PARA ME AJUDAR A MANTER O EQUILÍBRIO E TIRAR O MEDICAMENTO.  Pois bem, tirei o medicamento e comi, almocei, fiz tudo com Nanda e as chicotadas. kkkk. Amo!

Muito objetiva e sem lenga, lenga. Indo direto ao ponto, prática, do jeito que gosto.Aprendi muito com o pão e com a Nanda. Refleti e reflito muito o processo do pão equiparando com a vida, entendi na prática a lei de causa e efeito. Super! Assisti ao evento, óbvio.

E mesmo sem poder financeiramente, entrei de cabeça e me inscrevi no panifique-se, meu marido me apoiou muito pois a todo momento ele falava que eu estava com os olhos brilhando, voltei a pensar! Voltei a minha vida sem medicamentos!

Livre estou! e o pão e a Nanda me ajudaram muito a conseguir isso.e o inesperado aconteceu, minha mãe hoje come meus pães e pede mais, quer aprender. Meus filhos, ficam esperando a novidade do dia, o forno passou a ser a nova TV da casa.

Entrar no panifique-se não foi simplesmente para fazer pães, me ajudou a deixar minha vida mais leve, comendo pães saborosos e muito mais saudáveis. Só tem um problema: meus filhos e marido não querem mais comer pães de padaria. kkkkk.  estou amando! serei eternamente grata a você Nanda. 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: