fbpx

Quando você quer contar para todo mundo que você fez o melhor pão do mundo!

Meu nome é Marcela Barreiros Pereira, moro em Niterói, sou designer e cozinheira e faço parte do Grupo de Pesquisa e Inovação em gastronomia do Senac – RJ.

Antes de conhecer o Panifique-se me aventurei duas vezes a fazer pão através de um livro. Claro, deu errado. Como a Nanda mesmo fala, só passam receita mas não insistem em tempo e temperatura entre outros detalhes, por exemplo. Eu até ficava feliz com meus pães, mas depois saí da zona de negação e encarei a realidade: meus pães não eram bons e nem iam ficar. Eu já conhecia a Nanda, via um vídeo aqui e ali, mas depois que vi o vídeo dela contando sobre a mudança de vida dela me emocionei e me identifiquei. Fiquei namorando o curso até que veio a pandemia em 2020 e tive que ficar trabalhando de casa. Como meu tempo está maior e melhor, decidi cair de cabeça no Panifique-se.

O curso me deu outro gás de vida e carreira. Ainda não estou vendendo meus produtos porque quero oferecer às pessoas o melhor que eu conseguir. Estou ainda na fase de estudos mas depois do Panifique-se já tenho a certeza: quero trabalhar com panificação. No primeiro pão, ao abrir a panela, me senti vitoriosa e grata ao Panifique-se. Lembro exatamente desse dia. Mandei a foto pra minha irmã, pra minha mãe, postei no Instagram e a partir desse dia tive a certeza de que não ia mais parar!

O maior benefício de fazer o seu próprio pão é que você sabe de todo o processo de produção, fora o prazer de ver algo lindo produzido por você mesmo. Compreendi que não estou domando essa criatura mas estamos nos compreendendo, eu e o pão.

Faça o melhor pão do mundo na sua casa!

e crie suas próprias receitas

Panifique-se

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: