fbpx

Eu queria partilhar o meu amor com os outros através da partilha de uma alimentação saudável.

Fui baptizada de Ana dos Santos, sinto-me feliz e realizada a nível pessoal porque tenho uma família estrondosa e que amo incondicionalmente. Mas, eu também gosto muito de mim e cheguei a uma fase da minha vida que necessito partilhar o meu amor com os outros através da partilha de uma alimentação saudável. 

Aqui em Portugal a nossa alimentação baseia-se muito no Pão e nessa procura de saber  encontrei digitalmente vários eventos de criação de fermento e princípios nutricionais, mas confesso, que a maior parte dos eventos/curso não me captavam confiança, tinham uma vertente muito comercial e faltava sempre algumas respostas as minhas dúvidas, sinceramente, não me inspirava confiança.   

Com o evento Melhor Pão do Mundo, da Nanda Benitez, aprendi os princípios básicos e o sentimento de querer aprender mais e inscrevi-me no Panifiquese, que se baseia na criação de um fermento selvagem e natural com receitas de longa fermentação e mais uns miminhos de receitas com ingredientes equilibrados e saudáveis.

O Curso Panifiquese adapta-se na perfeição na minha realidade familiar e profissional porque eu avanço no conhecimento ao meu tempo e na minha disponibilidade temporal.  Com Vídeos, com imagens, com enquadramento de conceitos e principalmente pela área de membros que poderemos retirar qualquer dúvida que tenhamos. 

Apesar do distanciamento, noutro continente…..separa-nos 8.000 kms em linha área com 18h a 24h de viagem não me sinto sozinha porque sempre que necessito envio as minhas dúvidas e receios e praticamente no momento, obtenho resposta da Formadora Nanda ou da comunidade que partilha todas as suas experiências e conhecimentos.

Estou no início da minha aprendizagem, mas muito confiante no meu caminho e no percurso do que vou realizar, mas estou repleta de luz e feliz com os pães que estou a conseguir fazer, é uma terapia para o stress diário que sinto. 

Nunca pensei sentir emoção no cheiro da farinha, quando cresce o meu levain, quando se desenvolve, quando no final o pão me oferece um sorriso – Uma pestana Linda!!  

Nunca fiz pão em casa antes de entrar no mundo do Panifiquese, mas quero conseguir fazer vários tipos de Pão porque pretendo oferecer saúde a minha família, aos meus amigos e principalmente ao meu corpo. Envio algumas fotos do que já fui realizando e que me deixa orgulhosa e muito vaidosa!!!!

Beijinhos Nanda & Rodrigo pelo carinho, pela partilha de saber.

Eu terei método, temperatura e paciência de que quando viajarem para Portugal por favor, avisem-me, porque tenho o maior gosto de vos receber em minha casa e estabelecer na prática laços de amizade…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: